Olá! Você gostaria de receber as notificações desta loja?


X

Sexo na Gravidez 08/05/2017 11h00 | BY Sensual Love

0 514

Muitas mulheres ficam apreensivas sobre esse assunto, a gravidez é um período de muitas dúvidas e mudanças num período curto de tempo, e a vida sexual com certeza também sofre alterações. Por isso, algumas optam por não ter relações sexuais, seja por medo ou outros fatores externos.

A vida sexual do casal não precisa sofrer alterações drásticas com a gravidez. Alguns pesquisadores afirmam que transar nesse período faz bem porque ajuda a controlar a ansiedade, melhora a auto-estima e diminui a pressão arterial.

Segundo a obstetra Carla Andreucci Polido, o sexo e o orgasmo não são os vilões. A mulher só deve evitar ter relações sexuais quando há riscos de sangramentoo ou se a gestação for delicada, nesses casos o indicado é seguir as recomendações de um médico.

Mas nem sempre os culpados pela falta de sexo são os problemas na gestação. Assim como existem mulheres que ficam mais excitadas, há aquelas que não apresentam o menor sinal de desejo.

“No primeiro trimestre é normal uma diminuição da libido. No segundo e no terceiro trimestreela normaliza, mas o apetite sexual é algo muito individual, que depende de diversos fatores, não só dos hormônios”, explica Carla.

É importante lembrar que as vezes a falta de desejo parte dos homens. Para a psicóloga Maria Tereza Maldonado, é comum alguns homens sentirem menos desejo pela gestante porque passam a enxergar a mulher como mãe ou porque ficam com medo de prejudicar o bebê.

A grávida não deve ser vista como uma pessoa intocável, muito pelo contrário, a partir deste momento é muito mais importante que ela e seu (a) parceiro (a) conversem mais e tornem a gestação mais confortável para ambos.

É imprescindível que o casal dialogue sempre e mantenha o companheirismo nesse período, para que a gravidez seja levada com leveza, paciência e, claro, muito prazer.