Olá! Você gostaria de receber as notificações sobre esta loja?


X

BLOG

Mitos Sobre Sexo na Melhor Idade - PARTE 1 14/06/2017 14h00 | BY Sensual Love

0 435

Sexo não é um privilégio da juventude, porém, pouco se fala sobre sexualidade e desejo na terceira idade. Muitos casais que estão a décadas juntos tem uma vida sexual saudável e ativa, apesar das mudanças físicas, mentais e emocionais pelas quais passam. Existem muitos mitos sobre o assunto, até mesmo a ideia de que o sexo depois dos 50, 60 ou 70 anos simplesmente deixa de fazer parte da rotina de um casal. Pensando nisso, preparamos dois posts com mitos sobre o tema, e separamos umas dicas para vocês!
Aqui vai a primeira parte:


1- Mudanças físicas impedem idosos de terem relações sexuais

Algumas pessoas naturalmente não se interessam por sexo, e não há nada de errado nisso. No entanto, devemos nos atentar quando há um desinteresse repentino ou decadente. Apesar de haverem alguns problemas comuns nessa idade que afetam diretamente a vida sexual - como disfunção erétil, ressecamento vaginal ou diminuição da libido- é perfeitamente possível manter o sexo presente na rotina. É claro o vigor não é o mesmo de um jovem, mas com a idade surgem outros fatores que contribuem para a libido se manter constante.

Um casal que está junto a muitos anos tem uma intimidade e afeto muito maiores, já sabem que práticas seus parceiros gostam de realizar e tem menos vergonha de experimentar. A experiência também é um fator importante quando se fala de satisfação nas relações, pois ambos já conhecem seus corpos, sabem onde e como serem estimulados, portanto a chance de chegar ao orgasmo aumenta. Mesmo que o sexo não seja tão frequente, pode ser muito mais satisfatório.



2 - Idosos sentem dor na relação sexual

Mudanças hormonais podem causar resecamento vaginal ou até mesmo o enfraquecimento dos músculos e mucosas. Carmita Abdo, médica psiquiatra e coordenadora do grupo de sexualidade do Instituto de Psiquiatria da USP, afirma:
"Atualmente, existem vários recursos para a mulher ter uma menopausa mais tranquila. (...)Às vezes, o ato sexual fica dificultado por falta de lubrificação, já que o atrito provoca dor. Nesse caso, o ginecologista irá recomendar a reposição hormonal ou o uso de cremes vaginais que atuarão sobre esse evento desagradável."
Dores em outros lugares como articulações e músculos podem ser evitadas com um travesseiro bem posicionado e analgésicos leves antes ou depois da relação.

Comunicação é crucial tanto quanto diversão. Sexo deve sobretudo ser prazeroso e divertido, trazer um momento de intimidade e relaxamento para o casal, então busquem levar o momento com descontração e leveza. É importante lembrar que, mesmo não estando mais apto(apta) a gerar filhos, as chances de transmitir ou adquirir alguma DST são as mesmas. Fale com seu(sua) parceiro(a) procurem sempre fazer testes e não deixem de usar proteção!



PARTE 2:leia aqui!

Fontes:
https://drauziovarella.com.br/entrevistas-2/sexualidade-depois-dos-60-anos/#content
https://www.helpguide.org/articles/alzheimers-dementia-aging/better-sex-as-you-age.htm#good
http://www.everydayhealth.com/sexual-health/senior-sex-myths-debunked.aspx
http://www.everydayhealth.com/sexual-health/sex-and-aging/emotional-social-issues.aspx